ESTE É O BLOG
PILÃO PROFESSIONAL

Conheça a história do café no Brasil

história do café no Brasil
História do café no Brasil

Embora sejamos o maior produtor do mundo e o segundo em consumo mundial, muitos brasileiros ainda desconhecem história do café. Como somos fãs de café e entendemos tudo sobre o assunto, preparamos esse conteúdo para dividir com você algumas curiosidades sobre o grão. Confira!

Em 1727, o café foi trazido para o Brasil, especificamente no Pará, onde Francisco Melo Palheta plantou as primeiras mudas trazidas da Guiana Francesa. O pedido foi feito pelo governador do Grão Pará e do Maranhão, visto que o café nessa época já possuía um grande valor comercial. Estima-se que por volta de 1760 já existiam pequenos cultivadores de café no Rio de Janeiro.

Devidos às condições climáticas do Brasil, a produção logo se espalhou pelo Vale do Paraíba, que engloba terras do Rio de Janeiro e São Paulo, onde começou a crescer a produção para consumo doméstico do café. Desde o período regencial, o café já era fonte de lucro para o país, porém teve seu apogeu na época do Segundo Império.

Em 1825 foi iniciado um novo ciclo econômico, o ciclo do café, fincando-se no Vale do Paraíba. No final do século XVIII devido a longa guerra de independência do Haiti, a produção cafeeira do país, o principal exportador mundial de café na época, entrou em declínio. Aproveitando essa oportunidade, o Brasil aumentou significativamente a produção de café, e passou a exportar com mais frequência, embora em pequenas quantidades. Em 1806 a exportação de café atingiu o até então ápice, exportando 80 mil arrobas de café.

Durante um século, o café foi a principal fonte de riqueza no Brasil, e a indústria cafeeira proporcionou um grande desenvolvimento do país, inserindo ele nas relações de comércio internacionais. A produção cafeeira foi responsável pelo surgimento de diversas cidades brasileiras, e pelo desenvolvimento do interior de São Paulo, norte do Paraná e o sul de Minas. Diversas ferrovias foram construídas visando transportar o café entre as regiões, e por causa da produção cafeeira diversos imigrantes vieram para o país, consolidando a classe média brasileira.

Os cafezais possuíam diversas mansões dos fazendeiros, movido pela cultura Europeia, e diversas construções grandiosas como teatros e praças. Em 1870 o Brasil teve problemas com a produção de café, pois houve uma grande geada no oeste paulista que causou diversos prejuízos.

Após essa longa crise, a produção cafeeira nacional se reorganizou, espalhando-se por todas as regiões do país. Hoje em dia o café continua sendo um dos produtos mais importantes da exportação Brasileira, sem contar que virou símbolo da nação. Hoje o Brasil é o maior produtor de café do mundo, chegando em 2016 a 49,13 milhões de sacas produzidas, e se tornando o segundo maior consumidor de café mundial.

A PILÃO

Os produtos da marca Pilão Professional tem tradição e qualidade reconhecidas no mercado. Além de oferecermos a qualidade incomparável dos cafés expressos ou coados, bebidas quentes como Cappuccino, Moccaccino, Cholocate, Café com Leite e Chá, além de um portfólio completo de Snacks, servidos em equipamentos modernos e um serviço especializado.

A empresa possui máquinas profissionais, que agregam valor ao café da sua empresa, do seu restaurante, bar, hospital, etc. Você já conhece as máquinas da Pilão Professional? Então entre em no nosso site e conheça todas as nossas possibilidades: http://www.pilaoprofessional.com.br/maquinas.php

Entre em contato para saber como ser um franqueado: http://www.pilaoprofessional.com.br/solucoes-para-empreender.php