ESTE É O BLOG
PILÃO PROFESSIONAL

Franquia: quanto menor o investimento, menor o risco?

Nem sempre quanto menor o investimento menor é o risco. É preciso muito cuidado com as promessas do mercado.

As microfranquias estão sendo cada vez mais procuradas, pois o investimento não ultrapassa os 90 mil reais. Porém, o risco também precisa ser avaliado, assim como uma franquia normal.

Os principais pontos que devem ser levados em consideração são: estabilidade geral do setor, identificação de tendências de consumo, capacidade de gestão interna, suporte oferecido pela rede de franquias e experiência de mercado.

Obviamente que se analisado apenas pela perspectiva monetária parece simples dizer que ao investir um capital menor, o risco é menor, pois, se você perder dinheiro, não terá sido muito. Porém, essa é uma forma muito básica de avaliar um negócio, já que os motivos para sucesso ou insucesso são inúmeros.

As microfranquias oferecem as mesmas vantagens das franquias tradicionais e algumas, como o caso da Pilão Professional, permitem que você trabalhe de casa, com liberdade de horário e sem a necessidade de alugar um ponto comercial.

Cabe à franqueadora dar todo o suporte e treinamentos aos franqueados, além de padronizar os processos e aplicar devidamente a verba de marketing, entre outros. A franquia até pode ser chamada de micro em razão do valor investido, mas o suporte e a transferência de conhecimento não podem ser pequenos.

Para garantir o sucesso do negócio, a expansão da rede precisa ser muito bem planejada a fim de preservar a capacidade de todos os franqueados de desempenhar um bom trabalho, oferecendo o suporte adequado para todos.

Para escolher a microfranquia ideal a avaliação de perfil é essencial como em qualquer outra franquia. Outro ponto é saber se o produto tem aceitação de mercado e definir quais os pontos de venda chave. Isso tudo você encontra na franquia da Pilão Professional.